ESCORPIÃO DE FORD

1985-1994 de lançamento

Reparo e operação do carro



Ford Skorpio
+1.1. Identificação do carro
+ 2. Manutenção
- 3. Motores
   +3.1. Motor de OHC
   -3.2. Motor de DOHC
      3.2.1. Característica técnica
      +3.2.2. O reparo que não exige a remoção do motor
      -3.2.3. Remoção e instalação do motor sem transmissão
         3.2.3.1. Remoção do motor
         3.2.3.2. Operações adicionais em remoção do motor em carros com AKP
         3.2.3.3. Operações adicionais em remoção do motor com a transmissão
         3.2.3.4. Instalação do motor
         3.2.3.5. Desmontagem do motor
         3.2.3.6. Cilindros
         3.2.3.7. Cheque e restauração de pistões e anéis de pistão
         3.2.3.8. Dedos de pistão e varas
         3.2.3.9. Cabo de inclinação
         3.2.3.10. Carregamentos radicais e conrod
         3.2.3.11. Pêndulo
         3.2.3.12. Reunião do motor
         3.2.3.13. Lançamento do motor depois de reparos de capital
      3.2.4. Sistema de ventilação de um caso
      +3.2.5. Sistema de lubrificação
   +3.3. Motor de V6
   +3.4. Sistemas de ignição e gestão de motor
   +3.5. Motores diesel
+4. Esfriamento de sistema
+5. Sistema de combustível
+6. União
+7. Transmissões
+8. Eixo motor e ponte traseira
+9. Direção
+10. Suportes de forma triangular de interrupção
+11. Sistema de freios
+12. Rodas e pneumáticos
+13. Corpo
+14. Equipamento elétrico
bfe6b27a



3.2.3.8. Dedos de pistão e varas

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Apertar fora dedos de pistões na prensa.
2. Pôr varas em uma chapa e verificar se se deformam.
3. Instalar a adaptação 21.014 em um vício e estender contra a parada a sua direção de dedo.
4. Instalar na mesma direção o pistão pelo sinal "Frente", e também uma vara um borrifo de óleo.
5. Implantar contra a parada o dedo de direção em uma abertura de pistão.
6. Apertar um dedo de pistão em uma abertura no pé no lado oposto do pistão para que a sua cabeça se fizesse até a uma borda interior do pé.
7. Instalar a tomada remota que corresponde a este tipo do motor na adaptação.
8. Para pôr uns sinais de cabeça de vara com a maçaneta de thermochrome (Faber-Castell 2815) e aquecê-la até a cor de um sinal modifica-se para a cor que corresponde a cor externa da maçaneta. Significa que a cabeça de uma vara se aqueceu até a temperatura necessária para uma prensa de dedo que se ajusta na tomada dianteira (260–300 °C).
9. Transferir rapidamente uma vara e colocá-lo no pistão em um cabo de ajuste. Implantar um dedo de pistão contra a parada.
10. Para esperar até a vara acalma-se e verificar a justeza da conexão do pistão com uma vara.
11. As varas no uso do motor não se expõem ao uso, contudo, em certos casos, como a interferência do motor, podem deformar-se. Pode notar-se visualmente, mas se houver dúvidas, as varas podem verificar-se e se necessário substituir.