ESCORPIÃO DE FORD

1985-1994 de lançamento

Reparo e operação do carro



Ford Skorpio
+1.1. Identificação do carro
+2. Manutenção
+3. Motores
+4. Esfriamento de sistema
+5. Sistema de combustível
+6. União
+7. Transmissões
+8. Eixo motor e ponte traseira
+9. Direção
+ 10. Suportes de forma triangular de interrupção
- 11. Sistema de freios
   11.1. Característica técnica
   +11.2. Expeça freios
   +11.3. Freios posteriores
   11.4. Ajuste do freio de emergência
   11.5. Remoção de ar do sistema de freios
   +11.6. Antibloqueio de sistema
+12. Rodas e pneumáticos
+13. Corpo
+14. Equipamento elétrico



11. Sistema de freios

11.1. Característica técnica

INFORMAÇÃO GERAL

O freio de trabalho com o antibloqueio de sistema põe-se na ação pelo circuito duplo hidráulico cilindro de freio principal (datilografe um tandem) e o dispositivo auxiliar além disso hidráulico.

Os contornos hidráulicos dos vestíbulos os freios (direitos e esquerdos) dividem-se e dirigem-se pelo cilindro de freio principal. Os freios posteriores (no sistema "Y") dirigem-se pelo dispositivo auxiliar hidráulico.

O freio de emergência põe-se na ação mecanicamente e repõe freios na ação.

Expeça freios

Expeça o disco de freios. Neles os discos ventilados, e também os suportes flutuam com um pistão se usam.

Diâmetro exterior de um disco de freio
260 mm (carros com o motor de 2,9 l 24V - 278 mm)
Espessura de disco:
  – nominal
24,05 mm
  – mínimo admissível
22,2 mm
Golpes máximos de um disco
0,15 mm
Diâmetro do cilindro de um suporte
60,0 mm
Tipo de sapatos de freio
Ferodo de 343 25 FF
Tamanhos de blocos
38 x 111 mm
Espessura de erros (sem chapa de base):
  – nominal
18,0 mm
  – mínimo admissível
define-se eliminando de uma flauta em superfícies de um sapato de freio

Freios posteriores

Disco de freios posterior. Neles discos cheios, e também os suportes flutuam com um pistão se estabelecem.

Suporte:
  – marca e tipo
Ford L2 9024
  – diâmetro do pistão
43 mm
Disco:
  – diâmetro exterior
252,7 mm (carros com o motor de 2,9 l 24V - 272 mm)
  – espessura:
     • nominal
10,1 mm (nos carros de Turnier e com motores de 2,9 l 24V - 20 mm)
     • nominal admissível
8,9 mm (nos carros de Turnier e com motores de 2,9 l 24V - 18 mm)
  – golpes máximos de um disco
0,15 mm
Sapatos de freio:
  – marca e tipo de blocos
DOM 8106/1
  – espessura nominal
13,5 mm
  – espessura admissível nominal
define-se eliminando de uma flauta em superfícies de um sapato de freio

Sistema do passeio

O sistema pondo um freio de trabalho na ação é hidráulico, contém o circuito duplo cilindro de freio principal e o dispositivo auxiliar hidráulico, e também antibloqueio de sistema.

Marca
ABS Teves MK II, com 04,1992 – ABS Teves MK IV
Dispositivo de acionamento eletrônico
Teves
Resistência do sensor de velocidade de rotação de uma roda
0,8 – 1,4 Ohms
Pressão de controle
4 – 9 MPas
Pressão de operação da válvula de segurança de sistema
21 MPas

Fluido de freio

Quantidade
1,4 dm3
Datilografar
Fluido de freio de Ford SAM 6C 9103 A
Frequência de substituição
cada um 60.000 km ou tempo durante dois anos

Cilindro de freio principal

Em uma cavidade do cilindro principal dois pistões localizam-se constantemente, cada um dos quais faz funcionar o contorno.

Marca
Bendix ou Ate
Diâmetro de pistões
22,0 – 22,2 mm

Ampliador de vácuo de freios

O ampliador de vácuo de freios influi no cilindro de freio principal e contém um diafragma.

O diâmetro operacional: 227 mm.

Regulador de pressão

O regulador da pressão instala-se no oleoduto de freios traseiros e a força de limite da frenagem de rodas traseiras.

Aperto de momentos

Braço de suporte a um punho rotativo de uma roda
65 – 75 nanômetros
Fixação de um suporte de um freio avançado a um braço
31 – 35 nanômetros
Fixação do portador de um suporte de um freio traseiro
51 – 61 nanômetros
A fixação de um suporte de umas costas freia ao dedo de direção
51 – 61 nanômetros
Fixação de nó hidráulico de gestão a uma partição frontal
41 – 51 nanômetros
Fixação do acumulador hidráulico ao cilindro de freio
34 – 46 nanômetros
Fixação do cilindro de freio
70 – 90 nanômetros
Fixação de tomadas (Banjo) de oleodutos de alta pressão
16 – 24 nanômetros
Fixação do portador de um tanque de fluido de freio
40 – 60 nanômetros
Fixação do sensor de velocidade de rotação de uma roda
85 – 110 nanômetros
Deaerator, tanto quanto possível
10,5 nanômetros
Noz de fixação de uma roda
100 nanômetros
Na home page