ESCORPIÃO DE FORD

1985-1994 de lançamento

Reparo e operação do carro



Ford Skorpio
+1.1. Identificação do carro
+ 2. Manutenção
- 3. Motores
   +3.1. Motor de OHC
   -3.2. Motor de DOHC
      3.2.1. Característica técnica
      +3.2.2. O reparo que não exige a remoção do motor
      -3.2.3. Remoção e instalação do motor sem transmissão
         3.2.3.1. Remoção do motor
         3.2.3.2. Operações adicionais em remoção do motor em carros com AKP
         3.2.3.3. Operações adicionais em remoção do motor com a transmissão
         3.2.3.4. Instalação do motor
         3.2.3.5. Desmontagem do motor
         3.2.3.6. Cilindros
         3.2.3.7. Cheque e restauração de pistões e anéis de pistão
         3.2.3.8. Dedos de pistão e varas
         3.2.3.9. Cabo de inclinação
         3.2.3.10. Carregamentos radicais e conrod
         3.2.3.11. Pêndulo
         3.2.3.12. Reunião do motor
         3.2.3.13. Lançamento do motor depois de reparos de capital
      3.2.4. Sistema de ventilação de um caso
      +3.2.5. Sistema de lubrificação
   +3.3. Motor de V6
   +3.4. Sistemas de ignição e gestão de motor
   +3.5. Motores diesel
+4. Esfriamento de sistema
+5. Sistema de combustível
+6. União
+7. Transmissões
+8. Eixo motor e ponte traseira
+9. Direção
+10. Suportes de forma triangular de interrupção
+11. Sistema de freios
+12. Rodas e pneumáticos
+13. Corpo
+14. Equipamento elétrico
bfe6b27a



3.2.3.6. Cilindros

INFORMAÇÃO GERAL

O cilindro teoricamente novo é de maneira ideal redondo. A operação do pistão resulta no uso de paredes abaixo de ângulos direitos a dedos de pistão dos loadings suplementares. Este uso realiza-se principalmente nesta seção do cilindro por causa da fricção sobre anéis de pistão.

Os primeiros sinais do uso podem notar-se, tendo sentido um passo diretamente perto da parte superior do cilindro onde o anel de pistão superior consegue. Se tal passo se estiver ausentando, portanto o uso do cilindro é insignificante e não há perdas causadas por uma falta de uma compressão ou um consumo excessivo de óleo por causa de uso ou dano de anéis de pistão ou pistões.

Na presença de um micrômetro especial da medição do cilindro para medir o diâmetro do cilindro no avião em baixo da borda superior do bloco de cilindros, e também o diâmetro de uma abertura na parte mais baixa do cilindro no mesmo avião.

Se em algum de cilindros houver arranhões perceptíveis ou os sulcos, também exige maçante. Este fenômeno normalmente indica o dano do pistão ou anéis. Se pelo menos uma de necessidades de cilindros maçantes, é necessário realizar esta operação de todos os cilindros e instalar novos pistões e anéis de pistão do tamanho de reparo.